Página Inicial | Sobre nós | Contato 
Fundadores Associados Patrocinadores Parceiros Voluntários Colaboradores Doadores

» Notícias
Page Personnel indica os sete cargos mais promissores para 2014

Dá pra você ser um Microempreendedor Individual (MEI)

Dá pra você se tornar um voluntário

As 10 profissões mais bem pagas nos EUA

  • » Serviços
  • Administradoras de imóveis
  • Advogados
  • Consultores
  • Contadores
  • Peritos

  • Atenção:
    Procuramos verificar a idoneidade dos prestadores dos serviços aqui listados antes de incluí-los nesse espaço, contudo todas as informações e/ou efetividade desses serviços são de responsabilidade exclusiva dos seus prestadores. Você pode nos ajudar a certificar a qualidade dos serviços aqui divulgados enviando-nos, através do "... Falar com a gente" uma avaliação criteriosa caso tenha se utilizado de algum deles.

Exército Brasileiro
Exército Brasileiro - Braço forte, Mão amiga
(Fonte: www.exercito.gov.br)


1- As Insígnias do Exército


Insígnias são figuras de caráter representativo e simbólico, exibidas nos uniformes militares e neles dispostas em locais previamente determinados. Elas têm o propósito de identificar e distinguir o militar e sua unidade. A hierarquia e a disciplina são a base institucional das Forças Armadas, e a autoridade e a responsabilidade crescem com o grau hierárquico. Conheça as insígnias do Exército Brasileiro.


Oficiais Generais
Marechal General-de-Exército General-de-Divisão General-de-Brigada

Oficiais Superiores
Coronel Tenente Coronel Major

Oficiais Intermediários Oficiais Subalternos
Capitão 1º. Tenente 2º. Tenente Aspirante-a-Oficial

Graduados
Subtenente 1º. Sargento 2º. Sargento 3º. Sargento Taifeiro-Mor Cabo Taifeiro de 1ª. Classe Taifeiro de 2ª. Classe


Voltar ao topo



2- Como é a vida do militar do Exército Brasileiro


As atividades do serviço militar no Exército Brasileiro são fortemente hierarquizadas, organizadas com formaturas, instruções, exercícios físicos e tiro que o tornam peculiar. A programação diária é rigorosa, começando às 6hs da manhã com a "alvorada" e terminando às 22h com o "toque de silêncio".

A vida do militar possui exigências marcadas por especificidades tais como: colocar permanentemente em risco a própria vida em defesa da segurança coletiva; estar sujeito a preceitos rígidos de disciplina e hierarquia; experimentar transferências sucessivas que afastam o militar e suas famílias do convívio de seus parentes e amigos e obrigam seus filhos a mudar de escolas e universidades, etc. Entretanto, é uma vida repleta de oportunidades.


Voltar ao topo



3- O que é o Exército Brasileiro e quais os seus objetivos


(Foto: acervo do Exército)

O Exército Brasileiro é a Força Terrestre de proteção à Pátria. É uma instituição que se originou das tropas e ordenanças coloniais e, a partir da Constituição de 1824, foi organizada com um efetivo de aproximadamente 30 mil soldados repartidos por unidades de três armas: infantaria, artilharia e cavalaria.


Sob a liderança de Duque de Caxias, após a abdicação de D. Pedro I em 1831, houve a nacionalização do Exército Brasileiro que teve papel decisivo na consolidação da unidade territorial do país e na proclamação da República. Na Segunda Guerra Mundial, suas tropas integraram as FEB - Forças Expedicionárias Brasileira que lutaram ao lado dos Aliados. Em 1967, substituindo o Ministério da Guerra, surge o Ministério do Exército.

A partir dos anos 60, o Exército passou por importantes transformações. Acompanhando o acelerado desenvolvimento econômico e industrial do país, realizou consideráveis investimentos em Ciência e Tecnologia, o que permitiu fornecer à tropa equipamentos e armamentos projetados e fabricados pelas indústrias nacionais, particularmente viaturas blindadas. Além dessa evolução tecnológica, foi renovado o sistema de instrução e foram estruturadas as atuais divisões de exército e brigadas, combinações de tropas mais leves e flexíveis, mais adequadas às peculiaridades do ambiente operacional brasileiro.
Honrando compromissos internacionais assumidos, o Brasil já se fez ou está presente em inúmeras operações de manutenção da paz em diversas partes do mundo.
Em 1999, os ministérios militares foram extintos e foi instituído o Ministério da Defesa, desde então sob o comando civil.

Na atualidade, o Exército Brasileiro consolida sua individualidade. Exercita e desenvolve uma doutrina militar genuinamente nacional gerada com base em perspectivas realistas de emprego, e tem procurado evoluir sua concepção estratégica de maneira compatível com as demandas do futuro.

O Exército honra no presente os exemplos legados por Marechal Luís Alves de Lima e Silva, cultiva suas mais caras tradições e cumpre, diuturnamente, seu sagrado dever de preservar a soberania e a integridade do Brasil. 

OBS.: Para maiores informações sobre a História do Exército Brasileiro, consulte a Biblioteca do Exército (BIBLIEx) pelo telefone (21) 253-4637 ou fax (21) 2519-5569, ou a Diretoria de Assuntos Culturais (DAC) pelo telefone (21) 2263-1415 ou fax (21) 2519-5110.


Os objetivos do Exército Brasileiro:

  1. Integrar-se permanentemente à Nação.

  2. Preservar os valores, as tradições e a memória da Instituição.

  3. Garantir elevada capacidade de dissuasão à Força Terrestre.

  4. Operar de forma eficaz e integrada com a Marinha do Brasil e a Força Aérea Brasileira.

  5. Ampliar a sua capacidade de projeção de poder.

  6. Assegurar eficiente apoio logístico à Força Terrestre.

  7. Desenvolver a sua capacidade de mobilização.

  8. Ampliar a capacitação profissional dos seus quadros.

  9. Valorizar os recursos humanos da Instituição.

  10. Completar, aprimorar, consolidar e integrar os sistemas existentes na Instituição.

  11. Racionalizar e modernizar a sua gestão, a sua estrutura organizacional e os seus processos administrativos.

  12. Assegurar e otimizar a gestão dos recursos orçamentários e financeiros necessários à Instituição.

  13. Reduzir o hiato tecnológico em relação aos exércitos de países desenvolvidos e a dependência de material de emprego militar importado.

  14. Desenvolver a sua capacidade de enfrentamento às ameaças cibernéticas.

  15. Estabelecer, ampliar, aprimorar e consolidar as medidas de confiança mútua com outros Exércitos.

  16. Manter a necessária prontidão para participar de ações sob a égide de organismos internacionais.

  17. Manter a necessária prontidão para colaborar com o desenvolvimento nacional e a defesa civil.

  18. Contribuir para o desenvolvimento e o fortalecimento da consciência de defesa nacional em todos os segmentos da sociedade brasileira.

  19. Participar do esforço governamental para assegurar a presença do Estado Brasileiro em áreas estratégicas prioritárias do território nacional.

  20. Assegurar eficiente gestão da informação no âmbito da Instituição.

Voltar ao topo



4- Formas de ingresso no Exército Brasileiro (através de concurso público e processo seletivo)


Existem duas formas de ingressar no Exército Brasileiro de acordo com a idade e nível de instrução - o que pode ser feito já a partir dos 15 anos de idade: através de concurso público nacional para uma das nove Escolas de Formação do Exército (que gera vínculo permanente do militar de carreira com a instituição) e através de processo seletivo (que gera apenas vínculo temporário).


Forma de Ingresso como Militar Temporário ou Estagiário via Processo Seletivo conduzido pelas Regiões Militares

  • Como militar temporário: Oficial ou Sargento. Para homens e mulheres maiores de idade, como militar temporário nos cargos de Oficial Técnico Temporário (OTT) ou Sargento Técnico Temporário (STT) através de um processo seletivo conduzido pelas Regiões Militares e que estabelecem o período e as vagas existentes para cada área de interesse daquela Região. Ingressando dessa forma, o militar temporário permanece por um período de tempo determinado, previamente informado, findo o qual passa para a reserva não remunerada no Exército. Desse modo, é conveniente verificar na opção “Órgãos do Serviço Militar” do site www.exercito.gov.br, os endereços e telefones das Seções do Serviço Militar Regional (SSMR) à qual Região Militar sua cidade está vinculada.
  • Como Estagiário do EST - Estágio de Serviço Técnico:  O Estágio de Serviço Técnico (EST) destina-se aos Oficiais da Reserva (R/2), aos Aspirantes-a-Oficial R/2, aos Reservistas de 1ª ou 2ª Categorias, aos dispensados de incorporação e às mulheres, desde que todos tenham menos de 38 anos de idade em 31 de dezembro do ano da incorporação e que sejam integrantes de categorias profissionais de nível superior de áreas de interesse do Exército. Os estagiários preencherão lacunas em cargos nas Organizações Militares e serão selecionados pelas Regiões Militares. O processo seletivo exige a apresentação da comprovação de habilitação e/ou especialização para o cargo pretendido, prova de títulos, exame de saúde e entrevista. 

    O Estágio de Serviço Temporário tem a duração de 12 meses e é dividido em duas fases:

    1ª FASE: destinada à instrução técnico-militar, com duração de quarenta e cinco dias e realizada obrigatoriamente para adaptar o convocado às normas e aos procedimentos da caserna.

    2ª FASE: destinada à aplicação de conhecimentos técnico-profissionais, é realizada nas dependências das Organizações Militares para as quais foram convocados.

    Ao final dos primeiros 12 meses do estágio poderão ser concedidas prorrogações sucessivas de mais doze meses aos Oficiais Temporários, contudo o tempo de serviço total do Oficial Temporário não poderá exceder sete anos, considerando-se o serviço militar somado ao serviço público.

    OBS.: Verifique na opção “Órgãos do Serviço Militar” do site www.exercito.gov.br, os endereços e telefones das Seções do Serviço Militar Regional (SSMR) à qual Região Militar sua cidade está vinculada.

Forma de ingresso como Militar de Carreira através Concurso Público de âmbito nacional para uma das nove Escolas de Formação do Exército

  • Como Estudante do curso da Escola Preparatória de Cadetes do Exército. Para rapazes com no mínimo 15 anos de idade, através da aprovação em concurso público de admissão da Escola Preparatória de Cadetes do Exército (www.espcex.ensino.eb.br) cujas provas trazem questões objetivas de português, matemática, física, química, geografia, história e uma redação. Ao ingressar na EsPCEx, o jovem realiza um curso preparatório, com duração aproximada de um ano, equivalente à 3ª série do Ensino Médio, complementado por disciplinas necessárias à iniciação profissional militar. Os alunos que concluem o curso preparatório com aproveitamento têm acesso à AMAN - Academia Militar das Agulhas Negras (www.aman.ensino.eb.br), onde se dá a formação, em nível superior, do oficial combatente do Exército Brasileiro.
  • Como Militar de Carreira: Oficial ou Sargento. Para homens e mulheres maiores de idade, como militar de carreira (oficial ou sargento), através da aprovação em concurso público de âmbito nacional para uma das Escolas de Formação e que consta de prova intelectual, teste físico e exame médico. Dessa forma, o militar cria um vínculo permanente com a instituição, podendo deixá-la ao pedir transferência para a reserva remunerada após o término do seu tempo de serviço.

Escolas de Formação:

  • Escola Preparatória de Cadetes do Exército – EsPCEx

A missão da Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEx) é preparar o futuro Cadete da Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), iniciando a formação do oficial combatente do Exército Brasileiro. ... Saiba mais

  • Escola de Sargento das Armas – ESA

A Escola de Sargentos das Armas (EsSA), enquadrada na Linha de Ensino Militar Bélico de grau médio é, atualmente, o estabelecimento de ensino do Exército Brasileiro destinado exclusivamente à formação de Sargentos Combatentes de carreira das armas de Infantaria, Cavalaria, Artilharia, Engenharia e Comunicações. ... Saiba mais

  • Academia Militar das Agulhas Negras – AMAN

A missão da AMAN é formar o Aspirante-a-Oficial das Armas do Serviço de Intendência e do Quadro de Material Bélico, habilitando-o para os cargos de temente e capitão não aperfeiçoado; graduar o bacharel em Ciências Militares e iniciar a formação do chefe militar. ... Saiba mais

  • Escola de Instrução Especializada – ESIE

Centro de Excelência do ensino do Exército Brasileiro, a EsIE tem a missão de formar, aperfeiçoar e especializar militares do Exército e de outras Forças Armadas - além de militares estrangeiros, em diversos cursos e estágios. ... Saiba mais

  • Instituto Militar de Engenharia – IME

O Instituto Militar de Engenharia - IME tem como objetivo a graduação e a formação do oficial engenheiro militar, capacitando-o para o exercício dos cargos privativos da Engenharia Militar de oficial subalterno (1º. e 2º. Tenentes e Aspirante-a-Oficial) e oficial intermediário (Capitão). Oferece, ainda, cursos de pós graduação stricto sensu (mestrado e doutorado). ... Saiba mais

  • Escola de Comunicações – EsCom

A missão da Escola de Comunicações (EsCom) é habilitar os profissionais militares de carreira (oficiais e sargentos) a exercerem com competência as atribuições do cargo a que se destinam, especialmente na área de comunicações, dentro das normas de ensino do Exército, realizando pesquisa para contribuir com o desenvolvimento da doutrina de emprego das comunicações e da manutenção dos seus diversos meios. ... Saiba mais

  • Escola de Administração do Exército – EsAEx

A missão da Escola de Administração do Exército (EsAEx) é preparar alunos de ambos os sexos para desempenhar e assumir as responsabilidades e funções de oficial do Exército nas áreas de administração, ciências contábeis, direito, magistério, informática, economia, psicologia, veterinária, enfermagem e comunicação social. ... Saiba mais

  • Escola de Material Bélico – EsMB

A missão da Escola de Material Bélico (EsMB) é ampliar e aprofundar os conhecimentos técnicos dos oficiais de Material Bélico; especializar oficiais das Armas e do Serviço de Intendência em manutenção de material bélico; formar, aperfeiçoar e especializar o sargento de Material Bélico; realizar cursos e estágios de especialização na área de Manutenção para praças e oficiais das demais Forças Singulares, Forças Auxiliares e do exército de Nações Amigas. A EsMB presta, ainda, assessoria e assistência técnica e coopera na formulação e desenvolvimento da doutrina de Manutenção do Material Bélico. ... Saiba mais

  • Escola de Saúde do Exército - EsSEx

A missão da EsSEx é  formar oficiais do Serviço de Saúde (médicos, dentistas e farmacêuticos) para o serviço ativo do Exército, e formar e aperfeiçoar sargentos da Qualificação Militar de subtenentes e sargentos (QMS) de Saúde. ... Saiba mais

(Outras informações também no DECEx - Departamento de Educação e Cultura do Exército. Clique no link a seguir para ver eventuais concursos abertos www.decex.ensino.eb.br.

Voltar ao topo



5- Áreas de interesse do Exército para o Estágio de Serviço Técnico:


Listamos a seguir algumas áreas de atual interesse do Exército para o EST. Veja no www.exercito.gov.br eventuais mudanças e atualizações:

Administração, Arquitetura e Urbanismo, Arquivologia, Biblioteconomia, Biologia Geral, Ciências Contábeis, Computação, Comunicação, Direito, Educação Física, Economia, Enfermagem, Engenharia Agrícola, Engenharia Florestal, Engenharia de Meio Ambiente, Estatística, Farmácia, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Geografia, História, Jornalismo, Matemática, Medicina, Museologia, Nutrição, Odontologia, Padre católico romano, Pastor, Pedagogia, Processamento de Dados – Informática, Psicologia, Publicidade, Relações Públicas, Serviço Social, Sociologia, Terapia Ocupacional e Veterinária.

Voltar ao topo



<< Voltar






Copyright 2009 Dá Pra Você
Design por Showles Design
Página Inicial | Política de Privacidade | Termos e Condições de Uso | Contato | Sobre nós
Dá Pra Você - Todas as formas de geração de renda através do trabalho.